Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Contratos futuros do açúcar iniciam a semana mistos sob impacto da redução do ICMS em SP
Publicado em 28/06/2022 às 08h00
Foto Notícia
A semana começou com os contratos futuros do açúcar mistos nas bolsas internacionais. Os lotes de maior liquidez, tanto em Nova York (açúcar bruto) como em Londres (açúcar branco), fecharam no vermelho, após o estado de São Paulo, principal mercado produtor e consumidor de etanol do País, anunciar a redução da alíquota de ICMS sobre a gasolina.

Segundo a Reuters, operadores disseram que os preços do açúcar, que estavam subindo no início da sessão, caíram diante das notícias de que o estado de São Paulo, o maior mercado de combustíveis do país, cortou os impostos estaduais sobre a gasolina, mas os manteve inalterados para o etanol hidratado.

"Como a gasolina e o etanol hidratado competem pela preferência dos motoristas nas bombas, a redução do ICMS sobre a gasolina provavelmente reduzirá o apelo do etanol para os proprietários de automóveis, levando as usinas a produzir menos etanol e mais açúcar", disseram os analistas ouvidos pela Reuters.

Em NY, na ICE Future, a segunda-feira foi de baixa nas cinco primeiras telas. O vencimento julho/22 foi contratado ontem a 18,30 centavos de dólar por libra-peso, recuo de 7 pontos no comparativo com os preços de sexta-feira. Já a tela outubro/22 caiu 5 pontos, negociada a 18,26 cts/lb. Os demais lotes oscilaram entre queda de 3 pontos e alta de 6 pontos.

Londres

Em Londres o açúcar branco também caiu nos primeiros cinco lotes e subiu nas demais telas. O vencimento agosto/22 foi contratado ontem a US$ 541,60 a tonelada, desvalorização de 2 dólares no comparativo com os preços de sexta-feira. Já a tela outubro/22 caiu 1,20 dólar, negociada a US$ 522,10 a tonelada. Os demais contratos oscilaram entre queda de 90 cents e alta de 1,40 dólar.

Mercado doméstico

No mercado interno a segunda-feira foi de alta nas cotações do açúcar cristal medidas pelo Indicador Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos foi negociada a R$ 127,33, contra R$ 127,14 praticada na sexta-feira, valorização de 0,15% no comparativo entre os dias.

Etanol hidratado

Pelo Indicador Diário Paulínia a segunda-feira foi de baixa nas cotações do etanol hidratado. O biocombustível foi negociado a R$ 3.125,50 o m³, contra R$ 3.134,50 o m³praticado na sexta-feira, recuo de 0,29% no comparativo entre os dias.
Rogerio Mian
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.
Mais Lidas