Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Açúcar: Contratos futuros fecham em alta nas bolsas internacionais e toca máxima de duas semanas
Publicado em 19/01/2022 às 09h08
Foto Notícia
Os contratos futuros do açúcar fecharam em alta nas bolsas internacionais nesta terça-feira (18), tocando a máxima de duas semanas. Em Nova York, na ICE Future, o açúcar bruto, no vencimento março/22, foi comercializado a 18,66 centavos de dólar por libra-peso, 35 pontos a mais do que os preços da véspera. Já a tela maio/22, subiu 34 pontos, negociada a 18,42 cts/lb. Os demais lotes subiram entre 9 e 29 pontos.

Em alguns meses, os preços de energia mais altos podem diminuir a produção de açúcar quando a nova temporada de moagem começar no Brasil. As usinas poderiam desviar mais cana para a produção de etanol.

Analistas disseram à Reuters que, no entanto, melhorar as perspectivas de produção de açúcar para a Tailândia e a Índia deve ajudar a manter os preços sob controle.

Açúcar branco

Em Londres o açúcar branco fechou em alta em todos os lotes da ICE Futures Europe. O vencimento março/22 avançou 0,80 dólar, negociado a US$ 509,10 a tonelada. Já o contrato maio/22 foi contratado a US$ 499,10 a tonelada, com a valorização de 0,70 dólar. Os demais lotes subiram entre 0,90 e 2,40 dólares.

Açúcar cristal

Pelo Indicador Cepea/Esalq, da USP, a saca de 50 quilos do açúcar cristal fechou a R$ 150,84, com uma valorização de 0,21% no comparativo com os preços praticados na véspera.

Etanol hidratado

As cotações do etanol hidratado, segundo o Indicador Diário Paulínia, fecharam ontem (18) no vermelho. O biocombustível foi negociado a R$ 3.371,00 o m³, desvalorização de 0,60% no comparativo com a véspera.
Caroline Rocha
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.
Mais Lidas