Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Novo aumento nos combustíveis no Brasil faz preços do açúcar fecharem em alta; etanol sobe 3,26%
Publicado em 26/10/2021 às 08h30
Foto Notícia
Um novo reajuste nos preços dos combustíveis no Brasil propiciou um aumento nas cotações do açúcar nos mercados internacionais nesta segunda-feira (25). Segundo analistas, com o movimento de alta nos combustíveis a tendência das usinas é direcionar uma parcela maior da cana-de-açúcar para a produção de etanol, diminuindo, assim, a oferta do adoçante no mercado.

Ontem, em Nova York, na ICE Future, a segunda-feira foi de alta em todos os lotes do açúcar bruto. O vencimento março/22 foi contratado a 19,39 centavos de dólar por libra-peso, 31 pontos a mais do que os preços de sexta-feira. Já a tela maio/22 subiu 25 pontos, negociada em 18,99 cts/lb. Os demais contratos subiram entre 15 e 25 pontos.

Segundo a Reuters, operadores disseram que o aumento de 7% no preço da gasolina anunciado no Brasil impulsionou os futuros do açúcar bruto no meio da sessão na ICE. "Os preços mais altos da gasolina elevam os preços do etanol no Brasil, o que pode levar as usinas a aumentarem a produção do biocombustível nas últimas semanas da safra, reduzindo a fabricação de açúcar".

Ainda segundo a Reuters, a consultoria CovrigAnalytics destacou que após a alta do preço do combustível no Brasil e considerando o atual patamar do câmbio nesta segunda-feira, o preço do etanol anidro subiu para o equivalente a 20,62 centavos de dólar por libra-peso. "Os preços domésticos do etanol no Brasil estão atingindo novas máximas quase diariamente. É um bom negócio para as usinas produzirem o combustível", disse o analista Claudiu Covrig.

Açúcar branco

Em Londres a segunda-feira também foi de alta em todos os lotes do açúcar branco. O vencimento dezembro/21 foi contratado ontem a US$ 505,40 a tonelada, valorização de 4,80 dólares no comparativo com a sessão anterior. Já a tela março/22 subiu 3,50 dólares, negociada em 498,40 a tonelada. Os demais contratos subiram entre 3,40 e 6 dólares.

Açúcar cristal

No mercado interno o açúcar cristal também fechou ontem valorizado pelo Indicador Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos foi negociada a R$ 149,44, contra R$ 148,76 a saca praticada na sexta-feira, valorização de 0,46% no comparativo.

Etanol hidratado

O etanol hidratado iniciou a semana com forte alta pelo Indicador Diário Paulínia. Ontem, o biocombustível foi negociado em R$ 3.814,00 o m³, contra R$ 3.693,50 o m³ de sexta-feira, valorização de 3,26% no comparativo entre as datas. No mês o indicador já acumula alta de 13,33%.
Rogerio Mian
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.
Mais Lidas