Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Interferências eletromagnéticas podem causar prejuízos em sua produção
Publicado em 15/01/2021 às 08h09
Foto Notícia
Cada vez mais, vemos em fóruns e grupos de produtores, reclamações de operadores sobre ruídos na comunicação de rádios VHF e UHF e em aparelhos eletrônicos em geral. Se isso também acontece em sua produção, saiba que o nome do seu problema é: Interferência Eletromagnética.

As interferências são comumente causadas pela utilização de faróis LED de baixa qualidade e os problemas vão desde riscos à segurança de sua produção, falha de produtos eletrônicos, perda de dados, até a interrupção na comunicação entre operadores, manutenção e a central de logística.

O que são e como prevenir as interferências?

Os circuitos das placas dos faróis operam em altas frequências e quando não projetadas adequadamente, podem acabar resultando em interferências eletromagnéticas.

Com tantas opções disponíveis em portais online, como saber qual é a melhor opção de faróis para sua operação e que não irão prejudicar equipamentos elétricos e a sua comunicação com outros operadores?

Empresas de iluminação LED que tem como prioridade qualidade, seguem padrões de testes de interferência, como o CISPR 25, que é um comitê fundado para definir normas de controle de interferência eletromagnética em dispositivos elétricos e eletrônicos.

Seguir os padrões CISPR 25 é uma das formas que empresas têm, de garantir aos consumidores que seus produtos não irão causar problemas como o da interferência eletromagnética. Por isso, exija certificações e parâmetros de qualidade das empresas de iluminação LED, isso porque mesmo empresas que alegam seguir parametrizações importantes, nem sempre são honestas quanto a isso.

A marca Altezza LED, projeta faróis que respeitam as normas CISPR25, que não causam interferência eletromagnética. Isso porque são projetados pensando no uso em operações pesadas, o que os torna robustos e prontos pra aguentar vibrações, impactos, chuvas e jatos d?´água.

Para mais informações sobre nossas soluções acesse www.k2on.com.br
Fonte: K2on
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas