Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Montadoras não devem seguir a Ford e apostam em um novo ciclo
Publicado em 13/01/2021 às 17h36
O anúncio do fim das operações da Ford no Brasil despertou dúvidas em torno da possibilidade de outras montadoras seguirem o mesmo caminho. As recentes confirmações da retomada de programas de investimentos, suspensos no início da pandemia, indicam que grande parte dos fabricantes de veículos pretende apostar num novo ciclo de crescimento do país antes de tomar decisão mais drástica. Ao mesmo, tempo, a iniciativa de uma empresa do porte da Ford inevitavelmente se propaga nas matrizes de todas essas multinacionais e tende a aumentar a pressão para que operações não rentáveis sejam eliminadas.

Entre as grandes montadoras, há casos como o da Volkswagen, que acabou de renovar toda a linha de produtos, ou da Toyota, que em breve anunciará o novo veículo para o qual destinou R$ 1 bilhão. No segmento de caminhões, há vários casos de sucesso, como o da Scania, que transformou a fábrica de São Bernardo do Campo (SP) em importante plataforma de exportação.
Marli Olmos,
Fonte: Valor Investe
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.