Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Megacana tem emissões de gases do efeito estufa mitigadas pela compra de CBios
Publicado em 05/08/2020 às 14h52
A Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (SIAMIG) e a Associação dos Fornecedores de Cana da Região de Campo Florido (CANACAMPO) anunciam a compensação das emissões de gases do efeito estufa (GEE) referentes ao evento Megacana Tech Show, realizado nos dias 4, 5 e 6 de agosto, com a compra de créditos de descarbonização (CBio), no dia 03 de agosto de 2020.

A SIAMIG e a CANACAMPO fazem parte do setor sucroenergético e efetuam a compra como parte não obrigada. Apenas as distribuidoras de combustíveis são obrigadas a adquirirem CBios, lançados pela Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio), para atingirem as metas de descarbonização.

A neutralização das emissões de gases de efeito estufa da Megacana 2020 foram feitas pelos nossos amigos da Block C, um ecossistema de gestão e rastreabilidade de emissões baseado em tecnologia Blockchain, a quem são feitos os agradecimentos pelos organizadores, com o empenho na realização da iniciativa em tempo recorde.

No cálculo, foram considerados os deslocamentos dos funcionários, viagens, consumo de energia elétrica, resíduos e efluentes e transporte de documentos e encomendas, que gerou sete toneladas de CO2 e aquisição de sete CBIos equivalentes (cada CBio corresponde a 1 tonelada de CO2 mitigada) no valor de R$ 22,00 cada.

Segundo o presidente da SIAMIG, Mário Campos, o Megacana está inserido dentro dessa nova tendência de compensação das emissões em eventos, com uma iniciativa importante para incentivar o mercado de CBios no país. "A compensação de emissões em eventos como o Megacana, que este ano é online, mas vai voltar a ser presencial, está dentro do novo normal pós-pandemia", destaca.

Renovabio- Instituída pela Lei 13.576/2017, a RenovaBio tem como principal instrumento estabelecer metas nacionais anuais de descarbonização para o setor de combustíveis, de forma a incentivar o aumento da produção e da participação de biocombustíveis na matriz energética de transporte do país.
Fonte: Siamig - MG
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas