Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Produção de açúcar na índia deve crescer 18%
Publicado em 29/06/2020 às 08h47
A produção de açúcar indiano na temporada 2020/21 (outubro/20 a setembro/21) deve chegar a 32,013 milhões de toneladas, estima a Associação Indiana das Usinas de Açúcar (Isma, na sigla em inglês), em comparação com uma projeção de produção de 27,2 milhões de toneladas na temporada atual 2019/20.

O resultado corresponde a um crescimento de cerca de 17,7%. A estimativa pressupõe a ocorrência de chuvas normais e condições ideais de colheita e não considera o desvio de melaço para a produção de etanol, pondera a Isma.

A associação informou, ainda, que as projeções são baseadas em um aumento na área plantada e, consequentemente, no crescimento da produção de cana-de-açúcar no país. O desempenho foi discutido nesta quinta-feira, em uma reunião com os principais produtores da commodity no país.

Nesse sentido, a entidade prevê uma expansão de 8% na área total dos canaviais no país e um aumento na produção das principais regiões de Maharashtra e Karnataka, onde na temporada passada o volume colhido foi inferior ao esperado por causa de uma prolongada estiagem.

Em Maharashtra, a área de cana deve aumentar 43% na safra 2020/21 ante a anterior, em virude das monções acima do normal em 2019, seguidas pelas chuvas habituais de janeiro a março deste ano. Isso deve elevar a produtividade da cana, de acordo com a Isma, que estima produção de 10,134 milhões de toneladas na região, em comparação com 6,161 milhões de toneladas previstas em 2019/20.


Mercados

No mercado doméstico, a maior disponibilidade de cana e a previsão de um excedente de açúcar pode levar as usinas a destinarem mais cana para a produção de etanol. Isso poderia reduzir a fabricação do adoçante em 1,5 milhão de toneladas, ante redução de 800 mil toneladas de açúcar por causa do etanol na temporada anterior. A entidade reforça, entretanto, que estas são estimativas preliminares e que as projeções serão mais precisas depois das licitações e ofertas para o fornecimento de etanol.

Em relação ao mercado externo, o aumento na produção açucareira da Índia deve elevar também as exportações na próxima safra, especialmente com a retração na produção da Tailândia, o que deve abrir oportunidades para comercialização com países asiáticos, pontua a Isma.
26/06/2020
Fonte: RPA News
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.