FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Unem projeta crescimento do etanol de milho no Brasil para ir de 5 até 20% da participação no biocombustível nacional
Publicado em 23/10/2019 às 10h09
O mercado do etanol de milho no Brasil vem crescendo nos últimos anos e deve seguir nesta toada de expansão, de acordo com a visão da Unem (União Nacional do Etanol de Milho). Os dados da entidade dão conta de que a produção deste tipo de bicombustível em Mato Grosso cresceu 66% no último ano e hoje já corresponde à 1,4 bilhão de litros no país.

Segundo o presidente da Unem, Guilherme Nolasco, os dados de projeção apontam que essa produção deva chegar aos 2 bilhões de litros ainda em 2020 e crescer dos atuais 5% de representatividade no total de bicombustíveis brasileiros para 20% em até 10 anos.

Para sustentar este crescimento, diversas novas usinas de produção de etanol de milho estão em processo de implementação. Serão cinco novas plantas em Mato Grosso até 2021 e uma em Roraima, além de alguns projetos se desenhando para Goiás.

Para Nolasco, nem mesmo o aumento recorde nas exportações brasileiras de milho e a possibilidade de problemas para a segunda safra de milho 2020, após o atraso no plantio da soja, abalam o otimismo do setor, uma vez que a liderança acredita na oferta abundante do cereal para atender toda a demanda e na valorização dos preços aos produtores.
Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.