UDOP - União Nacional da Bioenergia

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Energia Aumentar a letra    Diminuir a letra
EPE estuda potencial para modernização de cerca de 50 GW em hidrelétricas no Brasil  

23/10/2019 - A estatal Empresa de Pesquisa Energética (EPE) tem avaliado o potencial de modernização do parque de hidrelétricas brasileiro, que responde atualmente por cerca de 60% da capacidade instalada de geração do país.

A empresa de planejamento do Ministério de Minas e Energia disse que o país poderia investir na chamada repotenciação de cerca de 50 gigawatts em capacidade hídrica, distribuída por 51 usinas em diversas regiões, de acordo com versão preliminar do Plano Decenal de Energia 2029 divulgada nesta quarta-feira.

Essas ações ainda poderiam resultar em aumento da capacidade de até 20% nos empreendimentos que forem alvo dos investimentos, acrescentou a EPE, que citou estudos do Banco Mundial sobre a recapacitação de usinas.

"Considerando esta informação em conjunto com o potencial brasileiro de repotenciação, teríamos cerca de 2,5 GW a 10 GW de estimativa de incremento de potência no país", apontou a estatal no plano.

A EPE citou estudos segundo os quais mais da metade da capacidade hídrica global precisará passar por modernização até por volta de 2030, enquanto todas usinas da fonte deverão realizar alguma ação nesse sentido até 2050.

A estatal ainda apontou que tem examinado a viabilidade técnico-econômica das repotenciações de algumas usinas e como viabilizar a remuneração desses investimentos, "em estudo a ser publicado".

A EPE considera como elegíveis à modernização usinas que já estão em operação há pelo menos 25 anos, desconsiderando as que já passaram por processo para aumento de eficiência.

"Reforça-se que o aprimoramento de regras e ações que incentivem a modernização do parque hidrelétrico brasileiro pode resultar em ganhos técnicos e econômicos", apontou a EPE no PDE 2029.

Simulações da estatal apontam inclusive que a modernização das hidrelétricas poderia ser uma alternativa para fornecer potência ao sistema, ou capacidade de atendimento à demanda em horários de pico.

Luciano Costa
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
22/11/19 - Reservatórios do SE/CO fecham semana com 19,6% do volume
21/11/19 - Para qual futuro estamos nos movendo?
  - Capacidade diminui e reservatórios do Norte operam a 24,4%
  - A conexão deve ser sempre com o consumidor
  - Níveis caem 0,4% e reservatórios do Nordeste trabalham com 35%
14/08/19 - Itaipu tem maior produtividade da história no mês de julho
11/03/19 - Governo propõe leilão de energia A-4 com hidrelétricas, biomassa, solar e eólica
11/01/19 - ONS reduz previsão de chuva em hidrelétricas do Sudeste e Nordeste; vê carga maior
  - Ministro de Minas e Energia diz que quer solução para risco hidrológico em 30 dias
19/12/18 - PL incentiva à geração e aproveitamento das energias renováveis no DF
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
EPE estuda potencial para modernização de cerca de 50 GW em hidrelétricas no Brasil
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: