UDOP - União Nacional da Bioenergia

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Cana-de-açúcar Aumentar a letra    Diminuir a letra
RB065862 pode ser a primeira variedade de cana selecionada no MS  

23/10/2019 - Campo Grande, 23 de outubro de 2019 - Produtividade acima da média para ambientes de Mato Grosso do Sul é um dos resultados obtidos com o clone de cana-de-açúcar RB 065862. Desenvolvida pela Ridesa Brasil (Rede Interuniversitária para o Desenvolvimento do Setor Sucroenergético) e Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) a futura variedade está na fase final de avaliação e a expectativa é que a liberação ocorra nos próximos anos.

De acordo com o Supervisor Regional de Melhoramento Genético da Ridesa/ UFSCar, João Carlos Civieiro, a fase corresponde à validação do clone em área comercial com plantio mecanizado. "A liberação pode ocorrer em breve, estamos na expectativa e vai depender dos resultados na área comercial que é a última etapa", explica.

Além da alta produtividade, o clone RB 065862 vem apresentando outras características importantes, como época de colheita em meio de safra (julho a setembro), difícil florescimento e boa brotação de soqueira. "Além de resistência às principais doenças", complementa Civieiro.

Para o Engenheiro Agrônomo da Ridesa/UFSCar, Antônio Ribeiro, se trata de um material promissor. "Usinas que experimentaram a série relataram produtividades muito boas. Já são treze anos de experimento e a nossa intenção é fornecer esse material com bastante segurança às usinas e aos fornecedores de cana", afirmou otimista.

Com avaliações de ensaios em diversos ambientes no Estado, o clone atingiu na média de três colheitas 107 toneladas de cana por hectare. "Estamos falando de dez toneladas acima da média apresentada, por exemplo, pela RB 966928 que é carro chefe aqui em Mato Grosso do Sul", ressalta Ribeiro.

Para o presidente da Biosul, Roberto Hollanda Filho, se trata de um avanço para o setor no Estado. "O foco no aumento da produtividade é uma constante na atuação da Biosul. A parceria com a Ridesa tem sido positiva, temos ótimas expectativas com o desenvolvimento de novas variedades", destaca.

A informação foi compartilhada na 6ª Reunião Anual 2019, que aconteceu na quarta-feira (28), em Dourados (MS). O encontro, realizado pela Ridesa Brasil e UFSCar em parceria com a Biosul (Associação de Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul), Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) e UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) reuniu representantes das usinas em operação no Estado, fornecedores de cana-de-açúcar e pesquisadores para avaliação e apresentação das séries em experimentos nas usinas do Estado.


Melhoramento genético

As variedades de sigla RB são cultivadas em mais de 65% da área com cana-de-açúcar no País. Em Mato Grosso do Sul estão presentes em todas as áreas das 19 unidades sucroenergéticas em operação.

Segundo Civieiro, a partir de 2007, com a série 2006, começou a ser introduzido no Estado a primeira fase do programa de melhoramento genético (T1), possibilitando estes clones serem selecionados para as características de Mato Grosso do Sul. "Hoje o Estado já conta com clones promissores, mais produtivos e adaptados às condições daqui", destaca.

O processo de desenvolvimento das variedades é extenso, com fases de testes, experimentação e validação que podem durar mais de quinze anos. "Importante destacar a contribuição e confiança em nossas pesquisas por parte das usinas e fornecedores parceiros neste trabalho", completa Civieiro.

Fonte: Assessoria de Imprensa Biosul
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/11/19 - LNBR divulga 45ª edição do Boletim de Monitoramento da cana-de-açúcar em São Paulo e Goiás
12/11/19 - Pesquisa de campo recolhe dados sobre a cana
11/11/19 - Venda de hidratado ultrapassa 2 bi de litros e registra novo recorde em outubro
  - Empresa Tereos inaugura novo biodigestor de R$ 15 milhões em Palmital
  - Eventos
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
RB065862 pode ser a primeira variedade de cana selecionada no MS
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: