UDOP - União Nacional da Bioenergia
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Preços Agropecuários recuam em abril com a entrada do outono  

17/05/2019 - Rompendo com a escalada de altas verificada desde fevereiro, o índice de preços recebidos pelos agricultores paulistas (IqPR) registrou pequena queda de 0,14% em abril na comparação com o mês anterior, informa o Instituto de Economia Agrícola (IEA), instituição de pesquisa da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

Do conjunto analisado, oito produtos apresentaram alta de preços e 11 tiveram queda (todos de origem vegetal). Dentre os que foram reajustados positivamente, destacam-se o tomate para mesa (13,88%) e a carne de frango (9,16%). "Em abril, os cinco produtos de origem animal que são acompanhados para a composição do índice foram reajustados positivamente", afirmam Danton Leonel de Camargo Bini e Eder Pinatti, pesquisadores do IEA. Os produtos que apresentaram as maiores quedas de preços no período foram: feijão (-29,51%) e batata (-22,03%).

Acumulado nos últimos 12 meses
De maio de 2018 a abril de 2019, o IqPR registrou alta de 19,06%. Nos últimos 12 meses, somente quatro produtos apresentaram variação negativa: café (-11,41%), soja (-10,74%), algodão (-2,51%) e cana-de-açúcar (-1,10%). Acima da variação do indicador que analisa o aumento dos custos dos insumos e fatores de produção agropecuários no Estado de São Paulo - denominado Índice de Preços Pagos (IPP/IEA), que apresentou um acumulado de reajuste de 9,5% -, acomodaram-se as seguintes culturas: batata (245,78%), feijão (98,91%), tomate para mesa (90,83%), carne de frango (60,57%), carne suína (40,88%), banana nanica (39,29%), laranja para mesa (24,68%), amendoim (17,92%), laranja para indústria (15,58%), leite (15,05%) e arroz (12,93%). Variaram positivamente abaixo do reajuste dos custos de produção: carne bovina (8,36%), ovos (7,57%), trigo (2,24%) e milho (0,16%).

Fonte: Sec. de Agricultura de SP
Texto extraído do portal Notícias Agrícolas
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/09/19 - PIB do agronegócio cresce 0,53% no primeiro semestre
18/09/19 - Valor da produção agropecuária em 2019 é estimado em R$ 601,9 bi, 2º maior em 30 anos
13/09/19 - Seguro Rural deve ser o pilar da nova política agrícola, defenda CNA
  - Manter vegetação nativa em propriedades rurais rende ao Brasil R$ 6 trilhões ao ano
  - Acordo sobre tarifas com EUA será ´mais adiante´, diz Araújo
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Preços Agropecuários recuam em abril com a entrada do outono
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: