UDOP - União Nacional da Bioenergia
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Cana-de-açúcar Aumentar a letra    Diminuir a letra
Usina testa sistema que mede quantidade de açúcar na cana em 5 minutos  

15/05/2019 - Um dos principais fatores que determinam a qualidade da cana-de-açúcar é o seu teor de sacarose (açúcar), o que significa que quanto mais elevados os teores, melhor é a cana. O cálculo da quantidade de açúcar normalmente é manual e leva de 45 minutos 1 uma hora. Com intenção de agilizar a medidação, a Raízen inaugurou um sistema automatizado que analisa, em uma média de 5 minutos, a cana-de-açúcar assim que ela chega à unidade processadora. O laboratório Pagamento de Cana por Teor de Sacarose (PCTS), chamado de "Laboratório do Futuro", é piloto e está em operação na planta "Paraíso", em Brotas (SP).

O processo usualmente feito nas unidades exige que o motorista do caminhão carregado desembarque do veículo e junto de um funcionário da empresa inicia a coleta da amostragem da cana a ser avaliada.

Agora, segundo o gerente de qualidade integrada da Raízen, José Orlando, a partir da balança, o motorista recebe um QR code (em português: código de resposta rápida) e o leitor informa o local adequado onde o caminhão deve ser estacionado. Em seguida, a sonda desce automaticamente, retira a quantidade de cana que passará por análise e a descarrega em um outro equipamento onde ela será desintegrada.

A avaliação do material coletado é feita por um aparelho chamado Infravermelho Próximo (em inglês: Near InfraRed - NIR) capaz de fazer a análise simultânea de vários parâmetros, tais como as ligações químicas das substâncias que compõem uma amostra. O primeiros trabalhos envolvendo a tecnologia NIR começaram ainda no século XIX. Na década de 70, foi usado para a avaliação de diversos alimentos como as frutas, mas seu uso industrial só foi intensificado a partir da década de 90.

Com a tecnologia, a frequência da amostragem é aumentada e a precisão analítica também cresce. "Estamos muito confiantes no potencial desse projeto não só para a Raízen, mas para o setor como um todo. Quando o nível e a capacidade de amostragem são aumentados, ganham todos. O resultado vai ser muito positivo", avalia.

A meta da empresa é expandir a tecnologia para as demais unidades em um horizonte de cinco anos. Além disso, a empresa tem a proposta de aprimorar o sistema automatizado para que seja possível comunicar na mesma hora e de maneira online as frentes de colheita, caso sejam encontradas nas amostras eventuais alterações que possam comprometer a comercialização da matéria-prima. "Isso irá maximizar a qualidade e produtividade no campo e na indústria", completa o gerente.

O equipamento usado pela Raízen em Brotas começou a ser desenvolvido em 2016 e já passou pela homologação do Conselho dos Produtores de Cana de Açúcar, Açúcar e Etanol do Estado de São Paulo (Consecana). A unidade processa 10 mil toneladas de cana por dia, mas há plantas, entre as 24 em operação da empresa, que chegam a processar 35 mil toneladas por dia.

14/05/19
Thaisa Visentin
Fonte: Globo Rural
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/09/19 - Centro-Sul pode elevar moagem em 89 mi de t se usinas investirem
  - Com recorde para etanol, Brasil vê exportação de açúcar ao menor nível em 12 anos, diz JOB
18/09/19 - LNBR divulga 43ª edição do Boletim de Monitoramento da cana-de-açúcar em São Paulo e Goiás
  - Desigualdade no setor sucroenergético deve se acentuar em 2020, diz Fitch
17/09/19 - Nova safra de cana do CS deve avançar para quase 600 mi t, diz Agroconsult
13/08/19 - Cosan tem lucro de R$418,3 mi no 2º tri; moagem recua 7% no período
08/07/19 - Camil e Raízen ajustam pacto na área de açúcar
04/07/19 - Raízen avalia disputar refinarias da Petrobrás
11/06/19 - Raízen reúne produtores de cana na 4ª edição do Evento Cultivar
05/06/19 - Raízen testa geração solar para fornecer energia a postos e parceiros
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Usina testa sistema que mede quantidade de açúcar na cana em 5 minutos
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: