Quinta-feira, 20 de junho de 2019
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Combustíveis Fósseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
Irã insiste em manter vendas de petróleo para seguir em acordo nuclear, dizem fontes  

14/05/2019 - O Irã insiste em ter autorização para exportar ao menos 1,5 bilhão de barris de petróleo por dia (bpd), o triplo do nível esperado para maio, com o país enfrentando sanções dos EUA, como condição para seguir em um acordo nuclear internacional, disseram fontes com conhecimento das conversas entre o país e a União Europeia.

O recado foi dado em recentes encontros entre autoridades iranianas e do ocidente, incluindo o ministro iraniano de Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif, mas não foi feito um comunicado por rescrito, disseram quatro fontes diplomáticas europeias.

Os Estados Unidos reimpuseram sanções em novembro sobre as exportações doe petróleo do Irã, após o presidente dos EUA Donald Trump ter unilateralmente deixado o acordo de 2015 entre o Irã e seis potências globais que visava conter o programa nuclear de Teerã.

Em uma tentativa de reduzir as exportações de petróleo do Irã a zero, Washington encerrou no início de maio algumas exceções que haviam sido garantidas temporariamente a compradores de petróleo iraniano, que puderam seguir com suas compras por seis meses.

As sanções já reduziram as exportações do Irã mais que pela metade, para 1 milhão de bpd ou menos, de um pico de 2,8 milhões de bpd no ano passado. As exportações podem cair para até 500 mil bpd a partir de maio, disse uma fonte iraniana à Reuters neste mês.

O Irã tem ameaçado bloquear o Estreito de Hormuz, uma importante rota de petroleiros, para interromper embarques de países vizinhos caso Washington tenha sucesso em forçar todos países a pararem compras do Irã.

O Líder Supremo do Irã, Aiatolá Ali Khamenei, definiu no ano passado uma série de condições para as potências europeias caso elas queiram que Teerã continue no acordo nuclear, incluindo a continuidade das compras de seu petróleo.

Khamenei não especificou um nível mínimo de vendas para o Irã continuar no acordo ou manter o Estreito aberto, mas uma autoridade europeia disse que os Iranianos querem garantir um retorno da produção aos níveis pré-sanções, embora eles não tenham sido específicos. Outras fontes disseram que a demanda do Irã parece ser de um nível entre 1,5 milhão e 2 milhões de bpd.

"Zarif disse especificamente que eles querem vender 2 milhões de barris de petróleo (por dia), basicamente o nível que o Irã estava exportando antes de Trump deixar o acordo", disse uma fonte presente em um encontro em Nova York com o ministro.

"Mas eu não acho que essa é uma demanda séria. Isso não é possível e os iranianos sabem que não é possível".

"Prestar atenção nesses relatos, que são baseados em conjecturas incompletas ou imprecisas, não é construtivo e pode prejudicar as condições necessárias para uma diplomacia séria", disse um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores do Irã, Abbas Mousavi, ao ser questionado pela Reuters sobre as informações.

Bozorgmehr Sharafedin, Robin Emmott e John Irish
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/06/19 - Petróleo sobe mais de US$1/barril com expectativas de acordo EUA-China
  - Consumo de gás industrial sobe 2,5% em abril
18/06/19 - Petroleira Total espera que novo supercomputador amplie eficiência de descobertas
  - Preços de petróleo sobem com anúncio de retomada de negociações comerciais entre EUA e China
17/06/19 - Petrobras prevê teste de longa duração em área na bacia de Sergipe ainda em 2019
  - Ministro de Energia da Arábia Saudita espera que Opep concorde em estender corte de produção
  - Gasolina e etanol recuam 0,8% nos postos na semana, diz ANP; diesel também cai
  - Subsídios a combustíveis fósseis somaram R$ 85 bilhões no Brasil em 2018, diz estudo
14/06/19 - Petroleiros têm greve em 12 Estados, diz FUP; Petrobras toma medidas para manter produção
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Irã insiste em manter vendas de petróleo para seguir em acordo nuclear, dizem fontes
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Consecana
• Fórum de Implementação Tecnológica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/