Sábado, 20 de outubro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Colheita da soja pode bater novo recorde  

11/10/2018 - Em uma pesquisa divulgada pela agência Reuters, foi constatado que o Brasil deve colher 120,40 milhões de toneladas de soja na safra 2018/19, com aumento de 2,8% da área plantada. Se concretizado, esse número representa um novo recorde, que ressalta a posição de liderança que o país possui na exportação do grão.

A expansão da área plantada também bateu recordes, atingiu o número de 36,14 milhões de hectares. Ainda assim, há expectativa de aumento, que mesmo significando uma média menor de produtividade quando comparado ao ciclo anterior, a nova projeção para a colheita supera dados de estimativas anteriores.

Por conta da chuva irregular que está ocorrendo nas últimas semanas, os produtores buscam certa cautela neste começo de plantio. No Mato Grosso, o principal produtor brasileiro, segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), o avanço está acima da média dos últimos cinco anos. No estado, as atividades de campo avançaram por volta de 4% da área projetada. No Paraná, estado que está contando com maior ocorrência de pancadas de chuva, o ritmo de plantio está mais acelerado, constando cerca de 20% das áreas semanada.


Previsão para as próximas semanas

De acordo com a meteorologista da Climatempo, Graziella Gonsalves, o início do período úmido ainda esta sendo marcado por muita irregularidade em todo o país. O Estado do Mato Grosso está sofrendo mais com esta condição, já que a chuva está caindo de maneira muito mal distribuída. Fazendas vizinhas acabam recebendo volumes de chuva muito diferentes e isso atrapalha a manutenção do solo para o recebimento dos grãos.

O produtor que teve a umidade do solo recuperada conseguiu realizar o plantio antecipado, porém esta não é a realidade de todo o estado. No início da segunda quinzena de outubro, ocorre uma melhora na distribuição da chuva, porém a regularidade só será vista á partir de novembro.

No Paraná, a chuva estão mais volumosas e abrangentes. O aquecimento do Pacífico na porção mais próxima da linha do Equador, ajuda no avanço das instabilidades sobre o estado. Este aquecimento persiste até que se forme um El Niño fraco e de curta duração, entre novembro e dezembro. Fator que impacta na chuva ser mais frequente sobre o Paraná do que em Mato Grosso. Portanto o plantio pode sofrer paralisações nos dias em que houverem menores aberturas de sol.


Fonte: Climatempo
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/10/18 - Grãos/Argentina: plantio de milho atinge um terço da área de plantio esperada
  - Tempo: Semana termina com previsão de chuvas fortes em quase toda a região Central do Brasil
  - Chuva favorece semeadura da soja em Goiás
  - Entregas de fertilizantes crescem 4,3% no acumulado do ano
  - Confira a previsão do tempo para esta sexta-feira (19) para todas as regiões do Brasil
  - Soja/EUA: exportadores relatam cancelamentos de 120 mil toneladas para destinos não revelados
  - CBOT: soja tende a abrir em alta; milho e trigo devem abrir em queda
  - Brasil aciona OMC contra tarifas à chinesas à importação de açúcar e país asiático defende
  restrições
  - USDA anuncia cancelamento de venda de 180 mi t de soja para China nesta 6ª feira
  - Plantio da soja em Goiás segue acelerado em relação ao ano passado
  - Após queda intensa, soja passa por leve correção técnica em Chicago nesta 6ª feira
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Colheita da soja pode bater novo recorde
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/