Sábado, 21 de julho de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Paraná volta a ter alerta de geadas, mas Deral vê pouco impacto em milho e trigo  

10/07/2018 - O Paraná, segundo maior produtor de grãos do Brasil, voltou a ter alertas de geadas nesta semana, mas não são esperados prejuízos às lavouras de milho, cuja colheita começa a engrenar, ou às de trigo, em fase final de plantio, disse nesta terça-feira o Departamento de Economia Rural (Deral).

Estão previstas geadas de intensidade moderada na porção sul do Estado nas próximas 72 horas, enquanto outras mais fracas tendem a atingir a área central, segundo boletim do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar).

A previsão eleva as preocupações sobre a produção do país como um todo, que tende a cair consideravelmente ante a do ano passado por "impactos climáticos", disse mais cedo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Mas para o analista de milho do Deral, Edmar Gervásio, essas geadas, caso se concretizem, não devem afetar as principais lavouras de milho do Estado.

"A geada prevista, de forma moderada, pega o sul do Paraná, onde não tem muito milho. Já a geada de intensidade fraca pega o centro e o oeste, mas não deve ser significativa e impactar a produção de forma adversa, até porque uma parcela maior (das plantações) já está em maturação", destacou Gervásio.

Até o momento, apenas 3 por cento da segunda safra de milho do Paraná foi colhida, contra cerca de 8 por cento há um ano. O atraso reflete um plantio tardio, mas as atividades começam a ganhar força e tendem a superar os 10 por cento até a próxima semana, caso o tempo de agora realmente não atrapalhe, disse o analista.

Em sua mais recente estimativa, o Deral projetou uma colheita de 9,4 milhões de toneladas de milho na "safrinha" 2017/18, bem aquém dos cerca de 12 milhões potencialmente esperados anteriormente.


Trigo

Com relação ao trigo, as geadas também não devem atingir as regiões onde se concentram as lavouras nem ser fortes o suficientes para causar danos, afirmou Carlos Hugo Godinho, analista do Deral.

O plantio de trigo no Estado, o principal produtor brasileiro do cereal, já está praticamente encerrado, com 99 por cento do total. Mais de 80 por cento das lavouras estão em condição considerada "boa".

A previsão do órgão é de uma produção de 3,36 milhões de toneladas de trigo em 2018, um aumento de 50 por cento ante uma produção quebrada por problemas climáticos no ano passado.

Conforme Godinho, a colheita tende a começar em cerca de um mês.

José Roberto Gomes
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
20/07/18 - Colheita de milho no centro-sul do Brasil avança para 36% da área, diz AgRural
  - Seca acende alerta para safras de cana e café do Brasil em 2019
  - Processamento de soja cresce 15% nos EUA
  - Projeções de Longo Prazo Continuam Favoráveis ao Agro Brasileiro
  - Tempo: Frente fria avança sobre o extremo Sul do país com potencial de temporais em RS e SC
  - Milho: Mercado inicia pregão desta 6ª feira em alta e estende ganhos dos últimos dias na CBOT
  - Clima irregular afeta safra de verão no Paraná
  - GSA pede o fim de subsídios ao açúcar na Índia e no Paquistão
  - Confira a previsão do tempo para esta sexta-feira (20) para todas as regiões do Brasil
  - Previsão do tempo: massa de ar frio derruba temperaturas no Sul
  - Imea revisa projeção da safra de milho no MT
19/07/18 - USDA diz que registro de vendas de milho e trigo dos EUA à Argentina está incorreto
  - Commodities podem ter retomada mais consistente no último trimestre de 2018
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Paraná volta a ter alerta de geadas, mas Deral vê pouco impacto em milho e trigo
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/