Quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019
:
EDITORIAS
Agncia UDOP | Acar | Biodiesel | Cana-de-Acar | Combustveis Fsseis | Diversas | Economia
Energia | Espao Datagro | Etanol | Frum de Articulistas | Opinio | TV UDOP | ltimas Notcias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Brasil e EUA reafirmam aproximao, mas avano em comrcio ser difcil  

10/07/2018 - A recente visita do vice-presidente dos Estados Unidos (EUA), Mike Pence, ao Brasil reafirma o interesse de dilogo entre os dois pases. Porm, no aponta para um salto qualitativo no comrcio bilateral.O crescente protecionismo em mbito internacional, a turbulncia poltica e divergncias em reas onde as duas naes so concorrentes - como a agricultura - so obstculos para um avano nas trocas comerciais.

"[O presidente dos EUA, Donald] Trump tem dedicado pouca ateno aos pases latino-americanos", diz a professora de negcios internacionais do Instituto Coppead de Administrao da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Ariane Roder.

"Neste sentido, a visita tem a importncia simblica de manter o canal de dilogo aberto e tratar de alguns temas sensveis que tm ocupado a agenda bilateral", acrescenta. Pence esteve no Brasil na semana do dia 26 de junho para debater a imigrao venezuelana, cooperao espacial, alm das medidas protecionistas de sobretaxa do ao e do alumnio.

O professor do Instituto de Relaes Internacionais da Universidade de Braslia (UNB), Juliano da Silva Cortinhas, enfatiza que a visita do vice-presidente reafirma o interesse de continuidade dos laos com o Brasil, mas que est longe de significar um "salto qualitativo" nas relaes de comrcio.

"Brasil e os Estados Unidos so os maiores pases do continente americano, o que faz com que eles tenham uma tendncia natural de cooperao. Alm disso, os EUA so o nosso segundo maior parceiro comercial e o Brasil, por ser o maior da Amrica do Sul, um ponto estabilizador da regio.
Os EUA no operam aqui, sem consultar o Brasil", diz Cortinhas, ao listar os pontos que justificariam as conversas recentes entre as duas naes.Barreiras Contudo, o avano do dilogo esbarra em questes histricas e conjunturais. Sobre a primeira, Cortinhas lembra que os EUA sempre quiseram firmar um acordo amplo de comrcio com o Brasil, mas paralisam em discusses sobre produtos agrcolas, setor em que h forte concorrncia entre os dois.Essa situao fica mais incerta diante do crescente protecionismo de Trump, diz a professora da UFRJ.

"As decises de cunho protecionista por parte do governo Trump tendem a acirrar a guerra comercial, podendo haver um efeito cascata, com protecionismo brasileiro em algumas reas como, por exemplo, taxao sobre a importao do milho norte-americano para a produo de etanol", especula.

"Uma vez que as negociaes passam a ser desfavorveis para um dos lados, a tendncia que isso se reverbere para outros setores em forma de retaliaes comerciais", complementa a professora.

Roder comenta ainda que a cota imposta pelos EUA para a exportao brasileira de ao e a sobretaxa ao alumnio tendem a se refletir negativamente na nossa balana comercial.

No primeiro semestre, a corrente de comrcio entre Brasil e EUA avanou 5%, em relao a igual perodo de 2017, alcanando US$ 26,729 bilhes.

As exportaes cresceram 1,95%, a US$ 13,167 bilhes, enquanto as importaes expandiram 8,47%, a US$ 13,562 bilhes. "A corrente de comrcio entre os dois pases pode sofrer algum impacto ainda este ano em funo das barreiras estabelecidas para as importaes de ao e alumnio oriundos do Brasil", ressalta.

"Essa deciso tende a diminuir a entrada de produtos brasileiros nos Estados Unidos. O saldo da balana comercial bilateral desfavorvel ao Brasil e a medida dever agravar isso em curto e mdio prazo", acrescenta Roder.

Cortinhas pontua que as incertezas eleitorais no Brasil e a polarizao poltica nos EUA tambm so fatores que acabam impedindo um avano no comrcio. "Nos dois pases, o momento de turbulncia poltica", conclui o professor.Visita Ariane Roder comenta que um dos pontos de destaque da passagem do vice-presidente norte americano ao Brasil foi a visita a um abrigo de refugiados venezuelanos em Manaus.

"Esse assunto ganha importncia mediante o contexto de crise de imigrao vivenciada pelo governo Trump, que separou pais e filhos que ingressaram no pas de forma ilegal - o que envolve tambm famlias brasileiras", relembra.

Para Roder, esse tema suscitou o alinhamento de postura entre os dois pases em relao suspenso da Venezuela da Organizao dos Estados Americanos (OEA). Outro assunto que ganhou destaque na visita de Pence foi a cooperao espacial.
O debate gerou um comunicado conjunto de estreitamento dos laos bilaterais sobre o uso pacfico do espao exterior. "Um dos destaques desta agenda a negociao referente ao uso da base de Alcntara para lanamento de foguetes americanos. O interesse do Brasil na comercializao deste espao, mas os impasses giram em torno da questo da salvaguarda do direito de propriedade intelectual requeridas pelas empresas americanas para atuarem no local", explica a professora da UFRJ.

Paula Salati
Fonte: DCI - Dirio do Comrcio, Indstria & Servios
Notcias de outros veculos so oferecidas como mera prestao de servio
e no refletem necessariamente a viso da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notcias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Para enviar a notcia, basta preencher o formulrio abaixo.
Todos os campos so de preenchimento obrigatrio!
 
Brasil e EUA reafirmam aproximao, mas avano em comrcio ser difcil
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatrio:
E-mail destinatrio:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentrio:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa Histria
• Misso, Viso e Objetivos
• Trofu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comits de Gesto
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Comits de Gesto
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Frum de Implementao Tecnolgica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminrio UDOP de Inovao
Imprensa

• Agncia UDOP de Notcias
• ltimas Notcias
• Frum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mdias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produo Brasileira
Servios

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendrio de Eventos
• Guia de Empresas
• ndice Pluviomtrico
• Pesquisas UDOP
• Previso do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrogrficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/