Quarta-feira, 20 de junho de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Importação de soja pela China cresce em maio ante abril, mas fica estável ante 2017  

08/06/2018 - As importações chinesas de soja saltaram em maio em relação a abril, com os compradores adquirindo a colheita do Brasil, mas o volume ainda ficou estável ante igual mês do ano passado, apesar das preocupações do mercado com a guerra comercial com os Estados Unidos.

A China, maior compradora mundial de soja, importou 9,69 milhões de toneladas da oleaginosa em maio, acima dos 6,9 milhões de toneladas de abril, mas apenas 1 por cento a mais do que em maio do ano passado, mostraram dados da alfândega nesta sexta-feira.

As remessas --o maior número mensal desde julho-- ocorreram um mês depois que Pequim ameaçou impor uma tarifa adicional de 25 por cento sobre as importações de soja dos Estados Unidos, em meio a uma escalada na tensão comercial, fazendo com que alguns compradores se apressassem em assegurar suprimentos.

No entanto, com as chegadas de maio sazonalmente dependentes dos produtores do Hemisfério Sul, particularmente do Brasil, o maior exportador, os números de importação mostraram pouco impacto geral.

A China importa 60 por cento da oleaginosa comercializada no mundo inteiro para produzir ração animal para seu rebanho maciço de gado, com cerca de um terço vindo tipicamente dos Estados Unidos.

Os dados preliminares não detalham o país de origem das importações.

"Está em linha com nossas expectativas. Maio é sempre maior que abril, porque em maio nós vemos grandes desembarques do Brasil", disse o analista da Cofco Futures, Yang Linqin.

Pequim ameaçou tarifas maiores sobre a soja dos EUA em 4 de abril, levando os compradores a buscar oferta no Brasil, embora ela possa vir nos próximos meses.

"Com temores de guerra comercial, os compradores devem tentar comprar tanta soja brasileira quanto puderem", disse um analista de uma companhia internacional.

Dominique Patton
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
20/06/18 - Soja: Preços voltam a recuar na Bolsa de Chicago nesta 4ª feira, mas ainda busca manter fôlego
  - China pode comprar mais soja do Brasil
  - Sauditas defendem aumento da produção de petróleo em 500 mil barris por dia
  - CBTO: grãos devem abrir em alta, em recuperação após perdas recentes
  - Dólar cai com ajuda externa, de olho em corte de juro pré-copom e oferta de swap
  - Não está claro se Brasil conseguirá nos substituir na soja para China, diz Ross
  - Frete tabelado pode tirar R$ 53 bilhões da economia
  - Brasil eleva preço mínimo do milho para maiores produtores em 2018/19
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Importação de soja pela China cresce em maio ante abril, mas fica estável ante 2017
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/