Terça-feira, 19 de junho de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Dólar chega a R$ 4,30 para o turista  

08/06/2018 - O dólar turismo manteve na quinta-feira, 7, firme trajetória de alta e chegou a passar da marca de R$ 4,30 nas casas de câmbio para a compra no cartão pré-pago. Pelo papel moeda, turistas de viagem marcada pagavam R$ 4,19, em média, segundo levantamento feito pela startup Meu Câmbio. Na quinta, o dólar comercial fechou o dia cotado a R$ 3,91, a maior cotação em mais de dois anos.

Segundo Mathias Fischer, diretor de estratégia e inovação da Meu Câmbio, os viajantes já perceberam que a estratégia de "esperar baixar" pode pesar mais no bolso e estão antecipando as compras. "As pessoas estão se antecipando para fugir das novas altas e da alta temporada."

O cartão pré-pago, que andava em desuso por ter sido equiparado ao cartão de crédito, deve ressurgir nesse momento de oscilação do câmbio, segundo fontes do mercado de câmbio. Isso porque, apesar de a opção exigir o pagamento de 6,38% de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), assim como o cartão de crédito, o valor carregado pelo turista não sofre mais variação de câmbio.

"O pré-pago foi erroneamente equiparado ao cartão de crédito", explica o superintendente de varejo do Grupo Confidence, Juvenal dos Santos. "As pessoas estão começando a entender agora essa facilidade de programação."


Mudança de planos

Além da "corrida" pelo dólar de quem já está de passagem marcada, Fischer notou uma busca por moedas "alternativas" - a mais procurada, no momento, é o peso chileno, onde a temporada de esqui está para começar.

Entre os que trocaram a Europa pelo Chile está o jornalista Victor François, de 27 anos. Ele iria visitar familiares na França - um destino para o qual viaja todos os anos. Em 2018, no entanto, optou pelo Chile. "Só a passagem (para Paris) beirava os R$ 6 mil. Mesmo tendo de pagar hospedagem no Chile, a viagem vai sair mais barato. O câmbio é muito mais favorável do que na Europa."

Mesmo quem não pode mais trocar de itinerário está refazendo as contas. Desde 2017, a advogada Ana Amaral vinha fazendo as contas para cursar um mestrado na Europa, a partir deste ano. Seu planejamento, no entanto, contava com o euro a R$ 4. Agora, com a moeda a R$ 4,55, algumas mudanças de plano foram necessárias.

O custo fixo projetado pela advogada, de " 1 mil por mês para os 12 meses de permanência no exterior, acabou de ficar R$ 6 mil mais caro ao longo do ano. Diante da nova realidade do câmbio, a viagem que será feita durante as férias do curso, que incluiria para dois países próximos, agora terá apenas um, onde ela se hospedará na casa de amigos.


Mercado de turismo

Enquanto alguns mudam de destino e outros reduzem o itinerário, há quem simplesmente está cancelando os planos de viagem. "O planejamento de viagens para o segundo semestre sofreu uma freada brusca. É quase como se estivéssemos congelados", explica a agente de viagens Lucyene Zucalá, da empresa All Brazil. Com o comportamento do dólar nos últimos tempos, Lucyene diz que o movimento da agência está entre 30% e 40% menor do que o esperado para essa época do ano.

A Associação Brasileira de Agências de Viagem (Abav), porém, minimiza o impacto imediato do câmbio para os negócios. A entidade afirma que as vendas estão dentro do esperado para as férias de julho. A Abav informou, no entanto, que 65% dos destinos procurados são nacionais e não são afetados diretamente pela atual oscilação do câmbio.

Outra justificativa da associação para que a alta do dólar não afete tanto as agências de viagens é que a cotação não impacta no preço dos pacotes, "pois muitas agências e operadoras trabalham com o dólar congelado na data do fechamento, valor que, parcelado e em reais, acaba por diluir a difere

Fonte: Estadão Conteúdo
Texto extraído da revista Isto É Dinheiro
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
18/06/18 - Produção de soja na Argentina deve se recuperar na safra 2018/19
  - Soja: EUA: Registros semanais de exportação alcançam 811 mil toneladas
  - Milho: Conab realizará leilão de venda direta de 20 mil t no dia 26
  - Soja: Chicago mantém sua estabilidade e busca equilibrar disputa dos EUA com a China e clima no Corn
  Belt
  - Milho: Focado na China e na safra dos EUA, mercado mantém movimento negativo ao longo desta 2ª na
  CBOT
  - Dólar sobe aos R$ 3,7582 com ajustes e oferta menor de swap extra na semana
  - Realidade e percepção
  - Dólar sobe ante real com exterior e cena política local
  - Mercado vê dólar acima de R$ 3,50 em 2018 e Selic a 6,5% nesta semana, diz BC
  - Açúcar: preços encerram a semana desvalorizados no mercado externo
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Dólar chega a R$ 4,30 para o turista
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/