Segunda-feira, 22 de outubro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Soja: Mercado em Chicago mantém estabilidade na tarde desta 2ª, mas passa para o lado negativo  

16/04/2018 - Embora ainda atuando com estabilidade, os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago passaram para o lado negativo da tabela no início da tarde desta segunda-feira (16). Perto de 12h20 (horário de Brasília), as cotações cediam entre 3,25 e 5 pontos nos principais vencimentos.

Com isso, o maio/18 valia US$ 10,49 por bushel, enquanto o julho e o agosto/18 lutavam para manter os US$ 10,60.

Segundo explicam analistas internacionais, os traders ainda buscam definir uma direção para as cotações, diante de informações que pesam sobre os dois lados da tabela. Além disso, a pressão sobre as cotações do trigo também contribuem para as baixas não só da soja, mas também sobre o milho.

De um lado, os fundos mais posicionados do lado da compra e um clima um pouco mais seco no Meio-Oeste americano pesam sobre os preços, enquanto alguns pontos do Corn Belt que ainda apresentam adversidades dão suporte aos futuros, de acordo com os especialistas da consultoria internacional Allendale, Inc.

Ainda nesta segunda-feira, o mercado se atenta também aos dados dos embarques semanais norte-americanos que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou no início da tarde.

Na semana encerrada em 12 de abril, os EUA embarcaram 444,987 mil toneladas da oleaginosa, contra expectativas que variavam de 300 mil a 600 mil toneladas.

Os traders aguardam ainda pelos números do esmagamento de soja nos EUA em março no reporte que vem da NOPA (Associação Nacional dos Processadores de Oleaginosas dos EUA).

Além disso, as questões geopolíticas também ainda têm espaço garantido entre os traders, uma vez que além da disputa comercial com a China, os EUA agora lidam com os impactos dos ataques feitos à Síria no último final de semana.

Como explica o consultor de mercado Vlamir Brandalizze, da Brandalizze Consulting, a situação poderia dar espaço para uma alta do dólar no quadro internacional, bem como exercer uma pressão sobre as commodities, com os investidores "buscando proteção".

"Assim, teremos uma semana com novas notícias e agora a guerra. Normalmente, não é muito bom para os negócios porque deixa o setor nervoso, mas não acreditamos em grandes baixas nesta boca de plantio dos EUA, porque poderá desanimar os produtores de lá. Mas será uma boa semana para se acompanhar, com a possibilidade de algumas flutuações para um lado e para o outro, não mostrando espaço grande para nenhum deles", diz Brandalizze.

Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/10/18 - Nova York em alta ajuda Ibovespa para voltar aos 85 mil pontos
  - Taxas futuras de juros se fortalecem com desaceleração da queda do dólar
  - Dólar volta a recuar ante real com exterior e vantagem de Bolsonaro
  - IGP-M desacelera alta a 0,97% na 2ª prévia de outubro, diz FGV
  - Petróleo, dólar e bens de consumo fazem arrecadação de ICMS subir mais que PIB
  - Grãos/Argentina: plantio de milho atinge um terço da área de plantio esperada
  - Soja/EUA: exportadores relatam cancelamentos de 120 mil toneladas para destinos não revelados
  - CBOT: soja tende a abrir em alta; milho e trigo devem abrir em queda
  - Chuva favorece semeadura da soja em Goiás
  - Brasil aciona OMC contra tarifas à chinesas à importação de açúcar e país asiático defende
  restrições
  - USDA anuncia cancelamento de venda de 180 mi t de soja para China nesta 6ª feira
  - Plantio da soja em Goiás segue acelerado em relação ao ano passado
  - Após queda intensa, soja passa por leve correção técnica em Chicago nesta 6ª feira
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Soja: Mercado em Chicago mantém estabilidade na tarde desta 2ª, mas passa para o lado negativo
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/