Domingo, 22 de julho de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Energia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Rombo no mercado de energia com o risco hidrológico já chega a R$ 6 bilhões  

10/01/2018 - O rombo no mercado de energia elétrico fruto dos efeitos do risco hidrológico atingiu um novo recorde com a liquidação financeira relativa a novembro passado, divulgada nesta quarta-feira (10) pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. Dos R$ 10 bilhões contabilizados pela entidade, apenas R$ 2,56 bilhões foram efetivamente movimentados, sendo que 60% do valor não pago, ou cerca de R$ 6 bilhões, estão estão relacionados com liminares relacionadas aos impactos do GSF. Os pagamentos e recebimentos de valores nesta última liquidação envolveram 6.542 agentes, sendo 568 devedores e 5.974 credores.

Segundo a CCEE, a decisão judicial que limitava o Ajuste do MRE (GSF) em 95% para agentes associados à Associação Brasileira de Geração de Energia Limpa foi revogada, não sendo contemplada na operação. Isso fez com que os agentes amparados por decisões que determinam a incidência regular das normas vigentes identificassem uma adimplência de 20%, enquanto os agentes que possuem decisões judiciais vigentes para não participar do rateio da inadimplência, oriunda de liminares do GSF, perceberam adimplência próxima de 85%. Operacionalizadas as decisões judiciais, os agentes credores sem liminares perceberam adimplência próxima de 8%.

"A CCEE reforça que tem atuado na esfera jurídica para garantir o tratamento isonômico de todos os agentes e a aplicação das regras de comercialização. Ao mesmo tempo, permanece aberta ao diálogo com os agentes e instituições do setor para encontrar uma solução de consenso para a judicialização no mercado", destacou o órgão comercial do setor elétrico, em comunicado ao mercado. Na liquidação relativa ao mês de outubro passado, a cifra relacionada a liminares do GSF somou R$ 5,61 bilhões, representando 57% dos valores contabilizados para aquele período.

Os valores liquidados entre os agentes incluem ainda a liberação dos excedentes da Conta de Energia de Reserva (Coner) oriundos do provisionamento do Encargo de Energia de Reserva, que totalizam R$ 299 milhões. De acordo com a CCEE, o montante já considera o pedido da Associação Brasileira dos Distribuidores de Energia Elétrica, homologado pela Agência Nacional de Energia Elétrica, no sentido de liberar um excedente maior da Coner a crédito dos usuários de energia de reserva (inclusive as distribuidoras de energia), rateado entre eles, conforme estipulado nas regras de comercialização.

A CCEE promoveu também a liquidação referente à Conta Bandeiras. A operação referente aos recursos de bandeiras tarifárias na contabilização de novembro de 2017 movimentou pouco mais de R$ 159 milhões, considerando o pagamento de 73 distribuidoras e permissionárias devedoras na Conta no valor de R$ 156,5 milhões e o pagamento do prêmio de risco hidrológico no valor de R$ 1,8 milhão, aportados por cinco agentes. Os recursos arrecadados foram repassados pela Conta Bandeiras a 20 distribuidoras credoras. A definição de como se dá o rateio dos recursos arrecadados com a cobrança das bandeiras tarifárias nas contas de luz, bem como do prêmio de risco hidrológico entre as distribuidoras, é feita pela Aneel.

Oldon Machado
Fonte: CanalEnergia
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
20/07/18 - Dólar despenca e tem maior queda semanal em 5 meses, abaixo de R$3,80
  - Agronegócio é o setor mais impactado pelo tabelamento de fretes, diz Cepea
  - Comercialização da safra de soja na Argentina atinge 72% da produção estimada
  - Ibovespa sobe numa reação positiva à aliança do Centrão com Alckmin
  - Projeções de Longo Prazo Continuam Favoráveis ao Agro Brasileiro
  - Carga tem aumento de 0,9% em junho, aponta ONS
  - Níveis caem 0,2% no Norte reservatórios operam abaixo de 70%
  - Energia elétrica impulsiona inflação oficial na prévia de julho
  - ONS vê alta de 4,1% na carga de energia em julho
19/07/18 - Níveis abaixam no Nordeste e reservatórios operam com 36,2%
  - Governo extingue concessões de oito termelétricas da Energisa Mato Grosso
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Rombo no mercado de energia com o risco hidrológico já chega a R$ 6 bilhões
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/