Quarta-feira, 17 de outubro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Carnes, soja e milho fazem cooperativa exportar 20% mais em 2017  

10/01/2018 - O bom desempenho da produção agropecuária do ano passado permitiu uma elevação de 20% nas exportações das cooperativas brasileiras. Elas obtiveram receitas de US$ 6,2 bilhões, ante US$ 5,14 bilhões em 2016.

A região Sul foi o destaque, graças à boa participação do Paraná, forte na produção de soja, milho e carnes.

As exportações das cooperativas do Estado somaram o recorde de US$ 2,62 bilhões no ano passado, 29% mais do que em 2016, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento.

A carne de frango congelada e fresca esteve no topo da lista dos paranaenses, ao atingir US$ 863 milhões em receitas.

Segundo maior produtor de soja, a oleaginosa também teve participação importante nas exportações das cooperativas do Estado, rendendo US$ 649 milhões.

O Paraná se destacou, ainda, nas vendas externas de carne suína e de milho. O cereal, ao atingir US$ 100 milhões no ano passado, teve as receitas aumentadas em 86%, em comparação às de 2016.

As exportações das cooperativas paranaenses somaram 42% do total comercializado pelo setor cooperativo do país.

A região Sudeste foi a segunda mais importante. As empresas da região exportaram o correspondente a US$ 2,2 bilhões, com destaques para açúcar e café.


Destinos

A Ásia continua sendo o principal mercado para as cooperativas brasileiras, principalmente devido à participação chinesa. A Europa vem a seguir, com destaque para as importações alemãs.

As exportações para a Ásia somaram US$ 2,4 bilhões, e as para Europa, US$ 1,32 bilhão.

A África teve uma participação menor (US$ 648 milhões) nas receitas das cooperativas brasileiras, mas obteve uma das principias evoluções de crescimento: mais 50%.


Soja - A produção da safra 2017/18 deverá ser de 112 milhões de toneladas, abaixo do recorde de 114 milhões do ano passado, segundo avaliação da consultoria Céleres.

Milho -
Baixos preços e custos elevados fizeram o produtor semear apenas 5,4 milhões de hectares no verão, 15% abaixo da área de 2016/17. A produção fica em 28 milhões de toneladas.

Milho 2 -
A área a ser semeada na safrinha aumentará e deverá atingir 12,1 milhões de hectares. Para esse período, a Céleres prevê uma produção de 67 milhões de toneladas. Com isso, a safra total de 2017/18 atingiria 95 milhões de toneladas.

Exportações -
Os analistas da Céleres acreditam que as exportações de milho continuem aquecidas neste ano, atingindo 32 milhões de toneladas, 10% mais do que em 2017.

Mauro Zafalon
Fonte: Folha de S. Paulo
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
16/10/18 - Anda: volume de entregas de fertilizantes sobe apenas 0,3% em setembro
  - Dólar fecha em queda com busca por risco no exterior e cena eleitoral
  - Chanceler brasileiro reitera importância de negociações UE-Mercosul
  - Soja: Comercialização da safra 2017/18 no MS atinge 90% da produção
  - Reajuste terá efeito médio de 7,31% sobre as tarifas da CEB
  - Aneel aprova reajuste médio de 16,12% nas tarifas da EDP-SP
  - CBOT: grãos tendem a abrir em queda com avanço da colheita e melhora no rendimento dos EUA
15/10/18 - Controle biológico ganha espaço em lavouras do País
  - Safra de grãos 2018/19 poderá chegar a 238,5 milhões de toneladas
  - Minas pode ter novo recorde, se clima ajudar
  - Defensivos: engenheiros agrônomos poderão formular receitas de aplicação
  - Agro faz porto de Paranaguá registrar recorde de movimentação em setembro
  - Guerra comercial de Trump impulsiona setor agrícola do Brasil, pressiona Iowa
11/10/18 - IBGE prevê safra 6% menor que em 2017
  - Conab: 1ª previsão para safra 2018/19 indica aumento de 2,5% a 4,7%, para até 238,5 mi de t
09/03/18 - Produção industrial recua em 8 dos 14 locais pesquisados pelo IBGE em fevereiro
  - O crescimento do PIB paulista
  - Ainda o preço da gasolina
  - IGP-M acelera alta a 0,60% na 1ª prévia de março com preços dos alimentos no atacado
  - Maiores exportadores da Ásia criticam tarifas dos EUA e ampliam temores com guerra comercial
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Carnes, soja e milho fazem cooperativa exportar 20% mais em 2017
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/