Sábado, 20 de janeiro de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia | Energia | Espaço Datagro
Etanol | Fórum de Articulistas | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Dólar tem correção, sobe e encosta em R$3,25  

09/01/2018 - O dólar fechou a terça-feira com alta e bem próximo ao nível de 3,25 reais, num movimento de correção influenciado pela cena externa em dia de agenda doméstica esvaziada e volume de negócios mais restrito.

O dólar avançou 0,31 por cento, a 3,2464 reais na venda, depois de acumular queda de 2,36 por cento neste início do ano até a véspera.

Na máxima do dia, a moeda norte-americana marcou 3,2564 reais. O dólar futuro tinha alta de 0,15 por cento.

"O mercado tem nos 3,23 reais um ponto de suporte que está difícil ultrapassar. Chega nesses níveis, entra pressão compradora", afirmou o diretor da mesa de câmbio da corretora Multimoney, Durval Correa.

Nos últimos três pregões, a moeda norte-americana flertou com o patamar de 3,22 reais na mínima do dia, mas não conseguiu sustentar o nível de preços até o fechamento.

Como em janeiro o volume de negócios está mais enxuto, acaba favorecendo inversões mais rápidas na trajetória do dólar, com poucas operações interferindo na tendência.

"Assim que o mercado fica mais ofertado (de dólar), os preços começam a cair de novo", acrescentou Correa, ao lembrar que o ingresso de recursos na Bolsa de Valores têm contribuído para o recuo do dólar ante o real.

No exterior, o dólar operava em alta ante uma cesta de moedas e divisas de países emergentes, como os pesos chileno e mexicano, também em movimento de correção.

As moedas do mercado emergente começaram o ano com rali, uma vez que os sólidos números de crescimento econômico expulsaram os investidores do dólar e para ativos mais arriscados.

Como pano de fundo, os investidores seguiram de olho no governo do presidente Michel Temer e suas ações para tentar garantir votos suficientes para a reforma da Previdência.

O temor era de que o governo possa perder apoio político para aprovar a reforma diante do imbróglio formado pela indicação da nova ministra do Trabalho, deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ).

Nesta tarde, o vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), Guilherme Couto de Castro, negou pedido do governo para derrubar liminar que suspende posse da nova ministra do Trabalho. A deputada já foi condenada na Justiça do Trabalho.

O governo vem tentando negociar para garantir apoio para aprovar a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados em fevereiro, mas ainda tem dificuldades. A matéria é considerada essencial para colocar as contas públicas em ordem.

Claudia Violante
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/01/18 - Arábia Saudita eleva exportação de refinados para compensar cortes em petróleo
  - Índice de investimentos de empresas caiu 0,7% de outubro para novembro, diz Ipea
  - Esqueça petróleo: Sauditas miram energia renovável na Am. Latina
  - Liquidações financeiras de energia nuclear e cotas somam R$ 839,5 mi, diz CCEE
  - Disponibilidade de turbinas de Itaipu chegou a 97,10% em 2017
  - Decisão sobre acordo com Opep pode vir entre maio e junho, diz vice-primeiro-ministro russo
  - Petrobras: Gasolina sobe 0,7% e diesel cai 0,6% amanhã
  - Produção de açúcar da Índia faz preços da commodity caírem em Nova York
  - Produção de petróleo dos EUA deve ultrapassar a da Arábia Saudita em 2018
18/01/18 - Produção de petróleo da Venezuela cai para mínima em 28 anos em meio a crise
  - Taxas futuras de juros avançam com dólar em meio à espera de leilão do tesouro
  - Dólar tem pequena alta ante o real após recuo na véspera, mas exterior segura correção
  - Petrobras anuncia alta de 0,8% no preço da gasolina e 0,7% no diesel
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Dólar tem correção, sobe e encosta em R$3,25
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/